A bolsa fechou em alta de 2,16%. Aumento do dólar

Um dia, o clima na Bolsa de Valores aumentou, felizmente, como boas notícias. O principal índice B3 do Ibovespa (Ibovespa) fechou em quarta-feira em 2,16%, para 95.547 pontos (17). Os investidores estão preocupados com a decisão do Cooper (Comitê de Política Monetária), que reduziu as taxas de juros em 0,75 pontos percentuais. Como resultado, a nova taxa Selic foi de 2,25%.
À medida que as taxas de juros caem, os investidores devem prestar mais atenção às ações. No entanto, economistas alertam que é crucial analisar o relatório do Copom para entender se o Selic deve ser reduzido ainda mais até o final de 2020. Ainda na situação macroeconômica, o discurso do ministro da Economia Paulo Guedes mostrou a importância de voltar ao país para debater reformas. Ele garantiu que, nas próximas semanas após a tomada de medidas urgentes, o debate sobre a agenda econômica ressurgirá.
Em circunstâncias externas, os Estados Unidos mostram alguns sinais de recuperação econômica. O Fed decidiu reservar ETFs para comprar títulos de dívida corporativa, o que ajudará a melhorar a liquidez atual do mercado. Espera-se que o governo Trump possibilite gastos substanciais em infraestrutura para superar a crise do coronavírus. Nesta notícia, o dólar fechou em alta de 0,54% a 5.261 reais. No valor máximo do dia, a moeda dos EUA atingiu 5.266 reais.
Entre as ações com o maior volume de negociação naquele dia, as fortes expectativas dos varejistas quanto aos cortes de produção da Selic foram fortes. O Magazine Louisa (MGLU3) fechou em 1,80%. A altamente volátil Via Varejo (VVAR3) caiu 0,07%. As ações da Vale (VALE3) e Bradesco (BBDC4) também aumentaram 1,46% e 1,59%, respectivamente. As ações preferenciais da Petrobras (PETR4) continuam sendo as ações mais negociadas, subindo 0,33%. A companhia de petróleo adotou o procedimento de reboque e aproveitou a oportunidade para vender todas as suas ações nas sete concessões de terras e águas rasas de Alagoas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *